Tempestade Tropical Severa “FILIPO” Afeta Campo Desportivo do Costa do Sol em Maputo

A tempestade tropical severa “FILIPO” causou estragos significativos na zona sul de Moçambique, afetando não apenas residências e estradas, mas também infraestruturas desportivas. O campo do clube Costa do Sol, localizado na cidade de Maputo e conhecido como o “Ninho do Canário”, não escapou dos impactos da tempestade e ficou inundado com água.

O campo do Costa do Sol é um símbolo do desporto moçambicano, onde inúmeras competições e treinos são realizados regularmente. No entanto, a força da tempestade “FILIPO” mostrou a vulnerabilidade das infraestruturas desportivas diante de eventos climáticos extremos. As inundações no campo não apenas interrompem as atividades desportivas, mas também levantam questões sobre a necessidade de repensar a infraestrutura para garantir sua resiliência diante de futuras adversidades climáticas.

O impacto das inundações no “Ninho do Canário” não se limita apenas ao desporto. É um lembrete contundente da importância de investir em infraestruturas mais robustas e sustentáveis em todo o país. Além disso, destaca a urgência de implementar medidas de adaptação às mudanças climáticas para proteger não apenas as instalações desportivas, mas também comunidades inteiras contra os efeitos cada vez mais frequentes e intensos de eventos climáticos extremos.

A situação no campo do Costa do Sol também ressalta a necessidade de uma abordagem holística para o desenvolvimento de infraestruturas, levando em consideração não apenas as necessidades presentes, mas também os desafios futuros relacionados às mudanças climáticas. Isso requer cooperação entre autoridades governamentais, entidades desportivas e a comunidade em geral para garantir que as infraestruturas estejam preparadas para enfrentar os desafios do clima em constante mudança.

À medida que Moçambique continua a enfrentar os impactos das mudanças climáticas, é essencial aprender com eventos como este e tomar medidas proativas para proteger e fortalecer nossas infraestruturas desportivas e, em última análise, nossa resiliência como nação. O “Ninho do Canário” alagado é um lembrete poderoso de que o tempo de agir é agora.

Gostou deste conteudo?

Partilhe !!!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email

Responses

Mais Novidades

Baía de Pemba Inicia com o Pé Direito no Moçambola 2024

Txiobullet Leva a Alegria do Stand-up Comedy à Cidade da Beira

NO REGRESSO DA LUA DE LUA MEL, BOW E LILOCA RECEBIDOS COM UMA LINDA SERENATA

CLASSIC NOVA ANUNCIA LANÇAMENTO DO ÁLBUM “KHONDO SANO” PARA 5 DE MAIO E CONTA A HISTÓRIA POR DETRÁS DO TÍTULO.

JOVEM PURO, ESTÁTUA HUMANA É O NOVO EMBAIXADOR DA MARCA DE PERFUMES VILA FRAGRANCE

Aumento nos Prémios para Árbitros do Moçambola: Reconhecimento e Incentivo ao Desempenho

Conectando Moçambique

Discover more from IHAPARI

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading