Ignel André é o detentor da voz da semana do “Vozes da Pérola do Índico”

Um jovem que entra na área musical em 2021, Ignel, diz que não tem um preferido, ele simplesmente cria diversidade musical. Hoje trazemos a opinião do jovem promissor sobre o mercado musical. Será que o mercado musical caminha para um bom rumo? Vem comigo para ver a opinião de alguém que dá seus primeiros passos nessa área.

Desde 2021, a província da Zambézia conta com um novo talento que está buscando sua inserção na área musical: Ignel André, um jovem do distrito de Nicoadala. Ele deixa sua marca no ‘Vozes da Pérola do Índico’, uma iniciativa da Apathany que tem como objetivo promover as pérolas musicais deste país.

Ignel diz que não tem um estilo único; segundo ele, busca a diversidade musical e nos revela o título da sua primeira música “Ninguém estava”, do género KIZOMBA.

Sendo um novo talento, procuramos saber a opinião dele sobre o mercado musical, será que caminha para um bom porto? O nosso artista da semana, sem papas na língua nem rodeios, respondeu. “Não está tão bom o mercado, se continuar assim não estará a caminhar para um bom porto” uma resposta que abri espaço para uma outra pergunta, porque? Essa resposta você ficará a saber amanhã quando forem pontualmente 7h. Veja o que Ignel André vai nos trazer neste sábado e veja abaixo o vídeo da semana clicando na barra azul.

Gostou deste conteudo?

Partilhe !!!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email

INSPIRANDO MUDANÇAS

INSPIRANDO MUDANÇAS GABRIEL JUNIOR

INSPIRANDO MUDANÇAS GILBERTO MENDES

MAIS NOVIDADES

MAVUNDJA PREPARA VIDEOCLIPE DA MÚSICA “XIDUMBISSO”

O Talento de Sila: Desenhista Angolano Homenageia Lizha James

AMOR SEM FRONTEIRAS: LIMA E BONECA BARBIE RENOVAM VOTOS DE AMOR À DISTÂNCIA

MR. BOW ANUNCIA LANÇAMENTO OFICIAL DA NOVA MÚSICA E VIDEOCLIPE “WINNERS” PARA AMANHÃ 28 DE MAIO

CLASSIC NOVA ESTREIA SEU PRIMEIRO SHOW EM JOANESBURGO

CR BOY CELEBRA MAIS UM ANO DE VIDA

Conectando Moçambique

Discover more from IHAPARI

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading