A Jornada dos Pugilistas Moçambicanos Rumo a Paris 2024: Benilde, Solomone e Sigaúque Avançam para os Quartos de Final na Qualificação Olímpica de Boxe

O boxe moçambicano continua a brilhar na fase de qualificação para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, demonstrando determinação e talento. Na segunda-feira, 11 de setembro, quatro pugilistas moçambicanos entraram no ringue em Dakar, Senegal, e três deles garantiram seu lugar nas quartas de final.

Na competição feminina, Benilde Macaringue, na categoria dos 57 kg, conquistou uma emocionante vitória sobre a camaronesa Dorine Mambou por 3:2. Agora, ela se prepara para enfrentar a senegalesa Mariatou Diallo nas quartas de final, agendadas para quarta-feira, dia 13.

No campo masculino, o capitão da seleção nacional, Gabriel “Solomone” Albino, categoria dos 92 kg, teve uma atuação impressionante ao vencer o pugilista Argnany Londji do Gabão por 3:2. Ele agora se prepara para enfrentar o queniano Peter Alwanga nos quartos de final, também no dia 13.

Armando Sigauque, categoria dos 57 kg, mostrou sua resiliência ao vencer o atual campeão africano da categoria, Soulaimane Samghoulido do Marrocos, por 3:2. Na quarta-feira, ele enfrentará o keniano Samuel Wairimo em outra batalha emocionante.

Infelizmente, Yassine Nordine, da categoria dos 51 kg, teve um revés ao perder para o experiente pugilista zambiano Patrick Chinyemba. No entanto, seu esforço e participação na competição são louváveis.

No domingo, 10 de setembro, Tiago Muxanga conquistou uma vitória impressionante sobre o pugilista das Ilhas Seicheles, Shain Boniface, com o árbitro interrompendo o combate (RSC). Muxanga agora avança para os quartos de final, onde enfrentará Mbiya Kulenguluka da República Democrática do Congo, também no dia 13.

Infelizmente, Bernardo Marime teve um desafio diferente ao sofrer um corte na cabeça durante sua luta contra Abdelhaq Nadir, do Marrocos. O juiz tomou a decisão de encerrar o combate por razões médicas, apesar de Marime estar em vantagem. Uma situação que mostra os altos e baixos que os pugilistas enfrentam em sua busca pelo sucesso olímpico.

Em resumo, os pugilistas moçambicanos continuam a inspirar e impressionar, conquistando vitórias e enfrentando desafios com coragem. Enquanto alguns alcançam as quartas de final, outros superam obstáculos médicos, demonstrando a determinação e a paixão que os impulsionam em sua jornada rumo aos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Gostou deste conteudo?

Partilhe !!!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email

INSPIRANDO MUDANÇAS

INSPIRANDO MUDANÇAS GABRIEL JUNIOR

INSPIRANDO MUDANÇAS GILBERTO MENDES

MAIS NOVIDADES

Gasso Franco Anuncia Grande Concerto no Coliseu dos Recreios, Recebendo Apoio de Artistas Moçambicanos

CLAYTON DA DRENA E ELLPUTO, UMA COLABORAÇÃO PROMISSORA PARA OS PRÓXIMOS DIAS

Um Encontro entre Duas Grandes Vozes da Música Africana: Aniano Tamele e Grace Évora

Lançamento do Álbum “Pandza Life Style” de Mr. Kuka: Uma Celebração do Ritmo Moçambicano

Inspirando Mudanças – Reinildo Mandava, Geny Catamo e Bruno Langa

Mr. Bow Celebra 2 Milhões de Seguidores no Facebook com Seus Fãs

Conectando Moçambique

Discover more from IHAPARI

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading